Líder de paralisações dentro da Google alega retaliação e deixa a empresa

Líder de paralisações dentro da Google alega retaliação e deixa a empresa

No ano passado, a paralisação em massa de funcionários do Google se tornou notícia mundial e, agora, um dos organizadores anunciou que está deixando a empresa por ser vítima de retaliações.

Claire Stapleton era uma das principais lideranças à frente do movimento que gerou protestos e uma greve que reuniu 20.000 funcionários contra as alegações de assédio sexual ocorridas dentro da empresa que não contaram com a devida retaliação por parte da gigante de Mountain View.

Leia mais…

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.