Telegram relaciona ataque sofrido na quarta (12) ao governo chinês

Telegram relaciona ataque sofrido na quarta (12) ao governo chinês

O fundador do Telegram, Padel Durov, insinuou que a instabilidade do aplicativo de conversas sentida ontem por conta de um ataque DDoS pode ter relação com o governo chinês. No Twitter, ele relacionou o acontecido com o protesto nas ruas de Hong Kong.

O ataque DDoS causa uma sobrecarga nos servidores, impedindo o funcionamento correto do serviço. Durov disse ser da China a maior parte dos endereços de IPs mapeados  e que o DDoS teria o “tamanho de um ator estatal”.

Leia mais…

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.